Entre em contato pelo telefone 31 99771.8787 ou solicite um orçamento sem compromisso.Solicitar orçamento

Dicas para criação de logomarcas

Algumas dicas para criar logomarcas

Toda empresa precisa da criação de logomarca se está interessada em atrair clientes. Antes de embarcar nesta jornada, veja essa lista de sete dicas para se ter em mente antes de criar uma logomarca para sua empresa.

1. O que é um nome?


Caso você ainda não tenha se decidido sobre o nome da sua empresa, criar uma lista de possíveis nomes e testá-los com variados tipos de pessoas será melhor do que decidir sozinho e correr o risco de escolher um nome ruim. A maioria das empresas testa centenas de nomes antes de encontrar algo que satisfaça suas necessidades.

2. Não fique refém de tendências


Tendências vêm e vão e a internet só acelerou a rotatividade das tendências. Do estilo grunge dos anos 90, aos gradientes da web 2.0, até o flat design de hoje. Qualquer projeto de criação de logomarca que dependa apenas do que está na moda ficará desatualizado em pouco tempo.

Ao invés de investir no que está na moda, concentre-se nas regras do design clássico e desenvolva algo que perdure. Você vai querer uma logomarca forte que identifique sua empresa de forma direta.

3. Preto e branco na criação de logomarca


Por falar em regras do design clássico, muitos designers recomendam projetar sua logomarca primeiramente em preto e branco e colocar as cores somente no final do processo.

No passado, essa regra foi motivada pelas limitações de impressão. Uma logomarca tinha que funcionar em impressões pretas e brancas, faxes de baixa qualidade, cartões de visita e etc. Hoje em dia, imprimir é muito mais simples, mas a regra do preto e branco ainda é válida. Deixando as cores para o fim, você pode se concentrar inteiramente na estrutura e no espaço em branco de seu projeto.

4. A flexibilidade


Em conjunto com a sugestão do uso do preto e branco acima, a flexibilidade da sua logomarca é extremamente importante. No processo de criação de logomarca é interessante realizar testes para saber se ela funciona em vários tamanhos, desde aplicada em um outdoor enorme até como uma miniatura em um comunicado interno da empresa.

É recomendável criar variações de sua logomarca para diferentes tamanhos e com fundos claros e escuros. Planejar isso no momento da criação irá ajudá-lo no futuro.

5. A diferença entre um logotipo e uma logomarca


Toda empresa precisa de um logotipo – um logotipo é composto de letras. Já uma logomarca, representa sua marca através de um símbolo, e nem sempre é necessária. Por exemplo, a palavra “Nike” escrita com sua fonte peculiar é um logotipo, enquanto o símbolo da “Nike” é uma logomarca.

6. O que a fonte da sua logomarca diz?


Além de comunicar o alfabeto, cada fonte tem uma personalidade. Ela é moderna ou clássica? É voltada para adolescentes ou destina-se a profissionais por volta dos 40 anos?

Defina cuidadosamente a personalidade da sua empresa e a impressão que você deseja causar e, em seguida, encontre uma fonte que transmita essa personalidade. A criação de logomarca com uma fonte do tipo cursiva dará a sua empresa uma personalidade mais artística, fontes do tipo serifada são formais ou institucionais e fontes arredondadas são tidas como despojadas.

7. Inspiração


Gosto varia de pessoa para pessoa, mas estudar com o afinco a criação de logomarca com certeza irá levá-lo na direção certa.

Assim que estiver suficientemente inspirado e tenha considerado todos os itens acima, comece a idealizar criação da sua logomarca e assim que estiver tudo organizado procure alguém que possa traduzir suas ideias em uma logomarca de sucesso.